OEsquema

Marcha da Liberdade – 10 motivos pra ir

Porque os eventos de sábado passado não podem ficar sem resposta.

Porque os reaças estão com as manguinhas de fora.

Porque tem gente dizendo que isso não passa de papo de “maconheiro”.

Porque não combina São Paulo ficar na mão de cabeças tão atrofiadas.

Porque é preciso mostrar que eles estão em minoria e que eles estão errados.

Porque eles precisam aprender muito ainda sobre democracia e diversidade.

Porque tá todo mundo (Espanha, Egito, Síria, Inglaterra, M’Boi Mirim etc.) indo pra rua pra se fazer ouvir.

Porque vai ser divertido.

Porque a cidade é sua.

Porque em alguma dessas coisas você acredita.

O evento no Facebook.

115 Comentários
por: camrock postado em: Sem categoria tags: , , ,

115 Comentários

Comentário por Rafael Roldan
24 de maio de 2011 às 20h42

Isso aí! A gente se vê por lá! Realmente tem gente achando que só porque se fala em maconha, depois vai se falar de cocaína, crack e estupro, como se tomar cafézinho e estricnina fossem a mesma coisa!
Liberdade de expressão já!
Valeu por colocar a cara a tapa! Se mais gente famosa como você se fizer ouvir, nem que seja para contrariar a marcha com argumentos sólidos, teremos o que queremos, que é discutir tudo o que está errado nesse país!!!!
O desembargador não esperava que fosse causar justamente aquilo que queria evitar.
Abraços cósmicos!

Responder

Comentário por Sau-lin
24 de maio de 2011 às 20h43

pra impedir canalhocratas a prevaricarem no poder não há tanto esforço por parte do poder publico, mas para impedir pessoas esclrecidas a terem direito sobre suas vidas dispensa-se toda a força. unir-mos, pois juntos somos mais fortes…

Responder

Comentário por Fabi
24 de maio de 2011 às 20h47

Meu querido, apesar de concordar com muito do que vc disse, eu moro na Av. Paulista, bem perto do MASP inclusive, e vou te dizer que meu sábado virou um inferno por conta dessa marcha. Apesar de ser a favor da liberação da maconha e da liberdade de expressão, não é por isso que temos que ouvir “Eu sou maconheiro, com muito orgulho, com muito amor”, como uma coisa normal às 14hs num sábado com famílias passeando por aqui…Acho que houve um pouco de exagero, espero que vcs tenham formas mais inteligentes de defender seus ideais. Abços, e boa sorte!

Responder

Comentário por camrock
24 de maio de 2011 às 20h48

Esta passeata não é outra Marcha da Maconha, é importante que isso fique claro!

Responder

Comentário por Papito
24 de maio de 2011 às 21h10

Liberdade engloba vários contextos e a ausência de submissão é algo que as pessoas mais sábias buscam a cada dia. Devemos unir nossas forças como denota o comentário abaixo e dar ênfase mesmo com passos curtos em prol de algo que designe êxitos futuros, talvez ñ de imediato pra nois mais pra “nossos filhos”, não devemos ser orgulhosos ou egoístas devemos deixar algo de bom pra essa nosso Brasil e Mundo.

E em se tratando de Maconha, vou ser simples como ela: Ela não é uma Droga, é uma planta, que por “alguns” é mau usada. E pra nois aqui, é muito bom esse item.

Responder

Comentário por Luciano
24 de maio de 2011 às 21h31

Outra passeata ?
De novo (e só) na Paulista ?
Por que não no Parque do Carmo ou nas Cohabs de Itaquera ?
Medo de ninguém ligar para essas ‘eventos’ porque na Paulista incomoda a burguesia e na periferia ninguém liga ?
Ou medo da periferia não dar a mínima mesmo para esses ‘eventos’ ?
Por que tm tanto dj, ‘artista’, grafiteiros e entre outros sociólogos de buteco envolvidos e nenhum promotor público, prefeito ou governador tomando partido dessas causas ?
Todo esse esforço não passa de cócegas no ‘sistema’. Outros meios existem e não é com páginas no facebook ou manifestações que se mudam mentes. Ao contrário do Egito e da Tunísia, não somos uma ditadura, então é só sabermos onde pressionar para conseguirmos o bem estar coletivo: o Poder Público.

Responder

Comentário por Otávio
24 de maio de 2011 às 21h42

Eu só teria 1 motivo pra ir: quebrar no cacetete todos esses, como diz a colega abaixo, rebeldes sem causa, que só querem sair na manchete da Globo!

Responder

Comentário por Aquiles
24 de maio de 2011 às 21h45

na boa, tem coisas muito mais importantes que merecem uma MARCHA e não tem.

Quem vai pra uma marcha da maconha não são pessoas esclarecidas, são no mínimo idiotas egoístas.

pessoas estão morrendo de fome em São Paulo, tem marcha pra isso?

Responder

Comentário por Glaucia
24 de maio de 2011 às 21h47

Cadê a liberdade de expressão? Apagaram meu comentário!

Vocês não são a favor de se expressar livremente, gritando palavrões absurdos às 14h de um sábado? Então por que apagaram meu comentário?

Gente inculta, que não sabe brigar por coisas sólidas que realmente merecem a atenção do povo brasileiro!

#bandodemaconehirinho
#bandoderebeldesemcausa

Responder

Comentário por Ricardo
24 de maio de 2011 às 21h54

Por que também não rolam “marchas” pela saúde, pelas escolas, pela ética, pelo fim da corrupção, etc? Isso me cheira a massa de manobra forte. Não dá Ibope?

Responder

Comentário por Tania
24 de maio de 2011 às 22h13

Essa marcha é pela liberdade de se expressar! Pode ser um bom pretexto para a população se organizar para se expressar coletivamente, lutar juntos pela saúde, educação, alimentação básica dentre outras!
Vamos nos reunir! Vamos para a rua! Vamos iniciar uma organização coletiva, politizar o grande público!

Responder

Comentário por Carlinhos Kunde
24 de maio de 2011 às 22h15

Tá, e o novo do GusGus, que tal? Eu achei foda.

Responder

Comentário por Flávio Henrique
24 de maio de 2011 às 22h24

Espero, sinceramente, nunca, mas nunca mesmo, ver meu filho participando de um ato em que se defende o uso de uma droga. Meu amor por ele é muito grande para querer que ele se acabe usando tóxico. Triste, muito triste, assistir nossa juventude perdendo valores importantes para a manutenção de uma sociedade digna. Aos que forem a essa passeata a favor da maconha disfarçada de liberdade digo: Espero que um dia vocês consigam sair dessa prisão que estão, a prisão do vício!

Responder

Comentário por Saci
24 de maio de 2011 às 22h30

Não! Não concordo ! daqui a pouco, estão fazendo passeatas, criminosos traficantes, e o Sr. Governador ainda vai falar mal da polícia…

Responder

Comentário por Victor
24 de maio de 2011 às 22h41

Iria pelo absurdo que aconteceu na semana passada, é algo para se lutar. Entretanto a “marcha da liberdade” é na verdade a “marcha da maconha” e enganar desinformados não é a atitude mais louvável que existe.
Boa sorte para quem vai, mas nenhum dos lados vai me fazer de massa de manobra…

Responder

Comentário por Pedro
24 de maio de 2011 às 22h47

È incrivel como tem gente de mentalidade tacanha no mundo, a marcha da liberdade ou a maconha como preferirem esta completamente associada a questões como segurança publica, educação, saude e cidadania, mas é natural de quem não tem argumentos apelar para a censura ou ofensas. Liberdade de se expressão opinião e debate já!!!

Responder

Comentário por Airton Tavares
24 de maio de 2011 às 22h47

Impressão minha ou comentários “contundentes” ou contrários a opinião do mediador são limados? Pelo jeito, democracia é um conceito muito relativo neste espaço. O grande propósito é só defender a maconha. O resto é camuflagem.

Responder

Comentário por Antonio Elcio
24 de maio de 2011 às 22h49

Pô velho, na boa!Porque não protestar contra as leis,a corrupção e a política brasileira?

Responder

Comentário por Cidadão
24 de maio de 2011 às 22h57

Eu não vou, tenho mais o que fazer. Sou contra qualquer violência e considero apologia ao uso de drogas uma violència contra a liberdade de meus filhos crescerem em um mundo mais saudável. Reação da polícia é injustificável, menos ainda é chamar toda a população de “reaça”, é discriminatório separar “eles” de “nós”, afinal somos todos cidadãos deste amado Brasil.

Responder

Comentário por Marcello
24 de maio de 2011 às 23h10

Se querem se alterar, que se droguem em casa, perto de seus pais, de seus filhos, seus amigos ou quem tenha as mesmas vontades… Ninguém é obrigado a assistir e ser exposto aos riscos decorrentes disso nas ruas, como já é hoje com o álcool.
Tá cheio de usuário alcoolizado e drogado dirigindo impunemente por aí; basta um olhar mais apurado nos acidentes das sextas à noite.

Responder

Comentário por Luiz
24 de maio de 2011 às 23h17

Fica esse povo ai fazendo passeata e tal, e o babaca aqui que respeita a lei que se ferra… nõa pode passar na paulista pq tem um monte de desocupado exigindo absurdos egoístas…

Responder

Comentário por AMARILDO LAGE
24 de maio de 2011 às 23h20

NÃO EXISTE NENHUM PAÍS DO MUNDO EM QUE A MACONHA É LIBERADA E GARANTIDO O USO ATRAVÉS DE LEI!PORTANTO O QUE VCS USUÁRIOS ESTÃO QUERENDO É UM PSEUDO-PRIMEIRO MUNDISMO.SE LIBERAR O USO ,VAI TER QUE TRIBUTAR E A CARGA ,TODOS SABEM É MUITO ALTA PRA TUDO NESTE PAÍS. E O QUE VAI ACONTECER? SONEGAÇÃO AO EXTREMO E VAI CAIR TUDO NA MESMA ILEGALIDADE QUE É HOJE. QUERO VER VCS SE MOBILIZAREM CONTRA O QUE ESTÁ ERRADO NESTE PAÍS E QUE REALMENTE INTERESSEM AO POVO BRASILEIRO.BANDO DE MENTES VAZIAS!

Responder

Comentário por camrock
24 de maio de 2011 às 23h39

Amarildo, a posse da maconha para uso pessoal é permitida no Uruguai, Mexico, Colômbia, Portugal, Espanha, Holanda, Suíça, Reino Unido, entre outros lugares

Responder

Comentário por wb
24 de maio de 2011 às 23h20

melhor comentário que li foi descobrir que o gusgus lançou um disco novo. obrigado.

Responder

Comentário por Kurdot
24 de maio de 2011 às 23h42

Continue fumando seu baseado na boa como sempre têm feito, afinal vc tem acesso a ele sem maiores problemas. Já apreciei a erva por um tempo também. Acho que é importante grupos manifestarem suas posições. Mas não acha que temos coisas mais importantes pra nos preocupar não? Corrupção por exemplo…

Responder

Comentário por @amebarbosa
24 de maio de 2011 às 23h42

Seguinte.
Quem quer ir, que vá. quem não quer, não critique.

Os que dizem para fazer marcha para saúde, oras, os médicos fizeram e foram execrados. A população votou e concordou que médicos não podem mais fazer.
E agora, POPULAÇÃO, as únicas pessoas que lutam por uma saúde melhor para vocês, ficaram de mãos atadas.

Organizem uma passeata pró-saúde, e vamos lá, ora!

Responder

Comentário por Kurdot
24 de maio de 2011 às 23h45

Se a parada for pra causas maiores com certeza to dentro. Contra a corrupção, saúde e etc… O resto é proselitismo “canabiano” barato…

Responder

Comentário por Celso
25 de maio de 2011 às 0h06

Fica claro pelos comentários postados que “nós” não somos a minoria como os que defendem essa marcha da maconha “rebatizada” afirmam em seu convite!. Convidem-nos e juntem-se a nós para reivindicar algo que seja positivo para toda a sociedade. Seu vício é problema só seu! Resolva sozinho!

Responder

Comentário por camrock
25 de maio de 2011 às 0h15

Fica claro pelo texto e pelo tema de marcha q a “minoria” se refere aos que avançam contra a liberdade de expressão e a “maioria” a defende. A maconha não é o tema desta marcha, tanto é que estão sendo convocados defensores de causas diversas.

Responder

Comentário por maf
25 de maio de 2011 às 0h40

Que saudades dos “Cara Pintadas”!!!Estes sim lutaram por algo que “ao menos valeu a pena”!!

Responder

Comentário por kakau
25 de maio de 2011 às 1h02

Caracas.Será que só eu vejo este marcha como um avanço da sociedade em busca do respeito às liberdades individuais? Não é possível construir um muro sem tijolos como não é possível construir uma sociedade mais igualitária sem respeitar o indivíduo. Por favor : parem de falar em egoísmo!!!!

Responder

Comentário por KadKan
25 de maio de 2011 às 1h12

HAHAHA, esses noias acham q tods sao imbecis, e eles os espertos, intelectos, lutam pela liberdade, etc..
coloquem uniforme da liga da justiça, snta paciencia, mais um dia de transtorno pra quem mora na regiao. Ah como queria ta na PM, ia descer o cassetete no lombo dessa corja, coisa que mtos pais nao fizeram. SE VC É A FAVOR DE QUE OS TRAFICANTES GANHEM MAIS DINHIEIRO AINDA VÁ. SE VC QUER VER SEUS FILHOS NETOS(AS), SOBRINHOS(AS) ETC SE PROSTITUINDO PRA PEGAR UMA ONDA, VÁ. SE VC QUE VER SEU FILHO VIRANDO UM MARGINAL SEM CAUSA TE DESRRESPEITANDO PORQUE NAO VAI SER MAIS PROIBIDO, VÁ. SE VC QUER SER UM PSEUDO COMBATENTE DA LIBERDADE VÁ. SE VC QUER SER MASSA DE MANOBRA, VÁ. SE VC QUER SER, E AJUDAR A SOCIEDADE A SE TORNAR UM BANDO DE INDIOTAS SEM NEURONIOS VÁ. SEJA FELIZ.

Responder

Comentário por Luiz
25 de maio de 2011 às 1h47

Se mobilizar por um bando de maconheiros, faça-me o favor … Além disso protestar na Paulista só para atrapalhar o fim de semana de um monte de gente decente … vão protestar no parque do estado que assim não chateia ninguem … bando de desocupados

Responder

Comentário por Rafa
25 de maio de 2011 às 1h49

Quem fez essa listinha de motivos? Você Camilo? Fraquinha hein.

Responder

Comentário por Rafael
25 de maio de 2011 às 2h05

Tomara que apanhem da polícia de novo, seus maconheiros/comunistas/arruaceiros.

Responder

Comentário por João
25 de maio de 2011 às 3h03

Por que vocês se sentem donos da verdade? Liberdade não é libertinagem,Lei existe para ser obedecida, pessoalmente sou a favor de liberar tudo e que tudo seja distribuido de graça. Ah tu só quer 100gr, leva meio quilo e consuma tudo hoje, morra logo para não incomodar mais, afinal é “direito” seu estragar a própria saúde, só não pense depois que os outros terão “obrigação” de te salvar das consequências das próprias imbecilidades que escolheu na vida. Não venham com a frase … é um direito meu ser socorrido… Ah considero o alcool e tabaco também prejudiciais, é bom esclarecer pois daqui a pouco começam as comparações idiotas do tipo se isso (errado) fazem então esse outro também pode, ou se os outros fazem também posso, típicos argumentos de imbecis.

Responder

Comentário por savio
25 de maio de 2011 às 3h06

esses blogs que o uol está divulgando estão cada vez piores. chamar de liberdade um vício que escravisas as pessoas, destroi a saúde e causa danos à sociedade e o fim do mundo mesmo. chamar pessoas que financiam traficantes e a corrupção policial de defenssores da liberdade é a coisa mais absurda que eu já vi. quando um pai de familia levar um tiro na cabeça com uma bala comprada com o dinheiro que vocês deram a traficantes para suntentar um vício individual, pq vcs não vão esplicar para a família dele sobre a sua liberdade? se vcs tivessem o mínimo de bom senso não comprariam uma coisa que causa esse tipo de mau em quanto ela é proibida, mas o vício é mais importante. gente como vcs são a escória da humanidade. Deveriam liberar o oxi e deixar vcs se acabarem com ele…

Responder

Comentário por Jr
25 de maio de 2011 às 3h10

Por que vocês não fazem uma marcha até uma Clínica para Recuperação de Dependentes? Assim vocês já vão conhecendo como será o próprio futuro. Além do quê, aqueles jovens precisam da visita de pessoas que lhes ensinem como largar o vício que adquiriram porque achavam que poderiam largar a qualquer momento. Mas precisa ter muito mais coragem do que é necessário para enfrentar a polícia: ali está a sua vida diante da sua morte! Vai!

Responder

Comentário por Fabi
25 de maio de 2011 às 3h52

Engraçado, que os argumentos pró marcha são sempre a mesma ladainha de liberdade de expressão e que a marcha não é sobre a maconha. Eu moro na paulista, ouvi absolutamente todos os gritos de guerra, e queridos, de boa, eles tinha a ver apenas com o uso da erva…ai fica difícil acreditar nessa historinha, né? Além de fazer um barulho chatíssimo pra quem quer paz no fim de semana…

Responder

Comentário por Marcos
25 de maio de 2011 às 5h34

Por que ir na marcha da maconha?

1 – Pra fumar um baseado
2 – Pra queimar um
3 – Pra dar um 2
4 – Pra dar um tapa na pantera
5 – Pra dar uns pegas em um banza
6 – Pra botar fogo em um mato
7 – Pra ‘homenagear Jah’
8 – Pra matar a larica
9 – Pra pingar colírio
10 – Pra tentar enganar o povo fingindo que fumar maconha é defender a liberdade de expressão.

Na boa, não enche o saco.

Responder

Comentário por Patrícia
25 de maio de 2011 às 5h42

Só alguém muito mal-intencionado (ou muito burro) iria comparar os eventos no Egito e na Síria com a marcha da maconha. Vocẽ acha que tirar ditador do poder é ficar puxando fumo na rua? Enfretar exército e tomar tiro na testa (pra valer, não de borraca) não é coisa pra maconheiro. Não despreze o que eles estão fazendo. Sua marcha da maconha não é nada disso.

Responder

Comentário por (420)
25 de maio de 2011 às 6h27

engraçado q tem um monte de gente q fala q o motivo e futil…mas desperdiçou tempo p le o q ta escrito aqui e desperdiçou tempo p comentar tmb…fico abismado com o excesso de tempo desse povo super culto…qualquer analfabeto sabe falar q o problema do brasil e corrupçao e afins…alguem ai tem alguma proposta p combater a corrupçao??? …sem querer ofender ninguem mas axo q tem gente q trablha de carteira assinada e tem familia p criar,em consequencia nao deve ter muito tempo para se informar sobre um asunto q nao e normal na midia,essas pessoas poderiam tentar se informar um pouco sobre o assunto antes de vir criticar…imagino q a maioria q comentou aqui sabe sobre o tema o que e mostrado no fantastico e no jornal nacional…nao concordo com os meios (muito menos com os bordões) utilizados nas manifestaçoes mas isso nao tira da questao sua importancia…as questoes sobre a descriminalizaçao nao afetam apenas os usuarios “recreacionais” ja que tanto o dinheiro usado para o combate ao trafico quanto o que e usado para o tratamento medico de usuarios vem de uma fonte comum que e alimentada por TODOS

Responder

Comentário por (420)
25 de maio de 2011 às 6h31

“NÃO EXISTE NENHUM PAÍS DO MUNDO EM QUE A MACONHA É LIBERADA E GARANTIDO O USO ATRAVÉS DE LEI!PORTANTO O QUE VCS USUÁRIOS ESTÃO QUERENDO É UM PSEUDO-PRIMEIRO MUNDISMO.SE LIBERAR O USO ,VAI TER QUE TRIBUTAR E A CARGA ,TODOS SABEM É MUITO ALTA PRA TUDO NESTE PAÍS. E O QUE VAI ACONTECER? SONEGAÇÃO AO EXTREMO E VAI CAIR TUDO NA MESMA ILEGALIDADE QUE É HOJE. QUERO VER VCS SE MOBILIZAREM CONTRA O QUE ESTÁ ERRADO NESTE PAÍS E QUE REALMENTE INTERESSEM AO POVO BRASILEIRO.BANDO DE MENTES VAZIAS!”
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
mata nossa curiosidade…o que esta de errado nesse pais?conta p gente!!!!
aposto q todo mundo aqui quer saber

Responder

Comentário por Silvio Luis Bahia
25 de maio de 2011 às 6h38

Liberdade Camilo Rocha é eu poder me indignar e não aceitar que tal evento ocorra. Façamos marcha para aflorar a honestidade nas políticas públicas. Têm muita gente morrendo por falta de atendimento médico, pela violência provocada por traficantes (muitos vendem maconha né?), lutemos para combater os péssimos salários que professores, médicos, enfermeiros entre tantos outros profissionais que querem fazer a cabeça tendo vida digna. Fumar é vício, e maconha é vício. Vício não condiz com liberdade e sim com escravidão.

Responder

Comentário por Claudia
25 de maio de 2011 às 7h54

è mesmo!Os reaças estão de manguinha de fora.Houve uma proibição, más vocês, que são super inteligentes e o resto do mundo burro, foram lá e com cartazes fazendo apologia as drogas, e gritando palavras de ordem a favor do uso de drogas, sairam do espaço que a polícia deixou, ainda assim contra a decisão da justiça, contra a Constituição que preve punição a instigação ao uso de entorpecentes, e resolveram que a população é obrigada a parar e ver que vocês são um bando de insivilizados e não deixam as pessoas com a opinião delas em paz.Vou gravar meu ex-funcionário que aos 21 anos, está aboado e saiu pela terceira vez do tratamento para dependentes em Osasco.É lindo de ver, um rapaz inteligente, agora abobado.O mais engraçado é que a brilhante cabeça em que São Paulo deve ficar no m´nimo é de vocês né?Devemos fazer o que a maconheira do Recife falou, destruir as plantções de cana e plantar canhamo?Viva!Devemos agora passar o dia na brisa e produzir coca como a Bolívia?A quem vocês pensam que enganam?As drogas existem a muito tempo, há muito tempo existem pessoas que querem que você consum, a vida de alguns bobocas que não conseguem sequer resolver a vida e curti-la sem precisar usar alguma coisa para conseguir se olhar no espelho.Ai como sou uma porcaria quero o mundo vivendo na porcaria.Enquanto uns lutam pela democracia, pela paz no mundo, outros lutam para o enriquecimento dos traficantes, pela destruição de vidas.Ninguém sabe os efeitos da maconha sobre os neurônios né?Vá fazer sua passeata na Bolívia, junto com o seu grupo e fique por lá.Vocês não estão inventando nada.O mais engraçado é que se proibe de usar cigarro e querem que as drogas sejam liberadas.Que gozação.Tente viver de cara limpa, se suporte, você vai ver que consegue.

Responder

Comentário por Carlos Teixeira
25 de maio de 2011 às 8h04

Minoria????

Tá querendo dizer que a maioria dos paulistas são fumadores????
KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK!!!
Senhores do Estado de São Paulo, venha a público confirmar ou negar essa afirmação tão forte para a população do maior e mais ridco estado brasileiro.

Responder

Comentário por Rodrigo Araújo
25 de maio de 2011 às 8h12

O primeiro argumento diz tudo: “os eventos de sábado não podem ficar sem resposta”. Na verdade essa é a marcha da maconha com outro nome. Liberdade para que ? Para financiar traficantes ? Fui cara-pintada nos anos 90, esses sim protestavam por uma boa causa,mas nessa manifestação não passo nem perto. Não gosto do cheiro da erva (apesar de gostar o Bob Marley).

Responder

Comentário por gaby
25 de maio de 2011 às 8h15

É importante sim ir para as ruas. Tbém é qse unanimidade a opinião de que a forma como a PM agiu foi incoerente com o estado democrático.
Mas infelizmente os playboyzinhos que vão a essa marcha tem pouquíssima consciência política, não estão promovendo nenhum debate ativo e produtivo na sociedade e justificam a razão da marcha com pobres argumentos (7 das 10 razões ali em cima não prestam!).

Pq a cidade é sua e vai ser divertido? Que tipo de consciência democrática e de respeito aos direitos individuais (que inclui o direito do outro!) prega passeatas por essas razões????

Responder

Comentário por Evandro Fumo memo e daí ???
25 de maio de 2011 às 8h21

Pais da hipocrisia !!! Cachaça, cerveja, uísque, vodka pode , maconha não ?????

Me digam qual a principal causa das mortes no transito ?
Pessoas dirigindo embriagadas…quantos acidentes vc nao ouve falar que foi essa a causa ? Agora voces, “gente diferenciada” me digam algum acidente de transito causado por uma pessoa sob efeito de maconha ? Ah vcs sao muito hipócritas gente, abram seus olhos !

Responder

Comentário por Cris
25 de maio de 2011 às 8h25

Vão caçar serviço

Responder

Comentário por hh
25 de maio de 2011 às 8h25

Seu texto é um lixo irresponsável. A existência de gente com liberdade para falar as baboseiras que você fala é um ganho da liberdade. A existência de um espaço privilegiado para pessoas como você, destilarem as cretinices mais deploráveis e bizarras é um efeito colateral da liberdade – pior para o UOL. Espero que você não tenha um filho viciado em sua vida. Espero que outros pais com problemas semelhantes não tenham que ler esta sua sandice.

Responder

Comentário por Elis
25 de maio de 2011 às 8h26

Sabe o que eu mais gosto nessa marcha??? Ver a TROPA DE CHOQUE descendo o cacete nesse monte de gente desocupada!!!

Responder

Comentário por cesar a. metidieri
25 de maio de 2011 às 8h28

Pago a UOL para ver anúncio de marcha do vicio ? A UOL abre espaço p/ viciados, imensa propaganda homossexual, imensa opinião secular, vcs acham que vão viver só de alternativos ? Tenho uma grande familia e tds tem acesso a internet, mas não somos viciados, homossexuais, ateus, traumatizados, filhinhos de papai, é esse o mundo que vcs querem ?
É p/ se pensar minha relação c/ vcs…

Responder

Comentário por moss
25 de maio de 2011 às 8h49

http://www.facebook.com/event.php?eid=203884822986017 poderia juntar as duas marchas! brazilianrevolution e a marcha da liberdade! temos muitos motivos para protestar!

Responder

Comentário por LUIZ FERNANDES DE FREITAS
25 de maio de 2011 às 8h49

COMO SABEMOS,A MACONHA,A CERVEJA,SÃO DROGAS,A UM PASSO PARA SE CONSUMIR OUTROS TIPOS DE DROGAS.TEMOS DE REPRIMIR ESTES QUE FAZEM APOLOGIA A DROGAS.GOSTARIA DE VER SEU FILHO OU FILHA INFURNADO NO CRACK,OXI,NA COCAÍNA,ROUBANDO TUDO QUE VOCÊ TEM PARA MORRER NA BEIRADA DO ASFALTO.DEPOIS VENHA FALAR OS DEZ MOTIVOS PARA NÃO IR A ESTA MARCHA!

Responder

Comentário por JOCA
25 de maio de 2011 às 8h49

DEIXA QUIETO ESSE NEGÓCIO DE LEGALIZAÇÃO POIS APESAR DE SERMOS ENCARADOS COMO CRIMINOSOS NÃO FALTA CANNABIS NO MERCADO E O PREÇO É BAIXO.PARA VCS TER UMA IDÉIA ENQUANTO QUE EM PAÍSES ONDE O USO É PERMITIDO SEJA PARA USO MÉDICO OU RECREATIVO O PREÇO DE 2 CIGARROS DE MACONHA É O MSM QUE EU PAGO PARA FUMAR O MÊS INTEIRO 3 CIGARROS POR DIA AKI NO BRASIL E OUTRA SE LEGALIZAR COM O AUMENTO DO CONSUMO A OFERTA NÃO SERÁ A MESMA O PRODUTO FICARIA MAIS CARO ENTÃO IRMÃOZINHO DEIXA QUIETO ESTE NEGOCIO DE LEGALIZAÇÃO,PRA NÃO FALTAR MACONHA PRO POVÃO.PORTE DE DROGA NO BRASIL NÃO DA NADA MSM.

Responder

Comentário por Matemagico
25 de maio de 2011 às 8h57

deviam liberar o uso do oxi ao inves da maconha.

Responder

Comentário por Quem bebe alcool nao pode julgar!
25 de maio de 2011 às 8h59

hahaha e ontem na liga, um gordinho com um copão lotado de cerveja na mão criticando a maconha …rsss…muito precoceituoso e hipócrita…todos nós sabemos que a maconha não é a 7 maravilha do mundo, mas está muito longe da destruição que o alcool causa, acidentes de transito, maridos bêbados que agridem esposas e filhos, meu sogro mesmo é um exemplo disso. Enche a cara e fica machão, chega em casa e maltrata a familia. Eu fumo um, fico tranquilinho, chego em casa, beijo e brinco com meus filhos e sou carinhoso com minha esposa. Mas cachaça é lícita né, vende em qualquer buteco…fazer o que…o que ???? Vamos protestar, agora é a nossa hora !!!

Responder

Comentário por Marco Antonio (Curitiba - PR)
25 de maio de 2011 às 9h00

Taí um post de cabeça feita: cínico e delinqüente onde não é confuso. Mistura alhos com bugalhos pra vender bagulho. Há ritos na democracia, inclusive para alterar a legislação – mas tudo dentro das leis estabelecidas, coisa que os “pogreçistas” não aceitam. E, sim, maconha não marcha sozinha – vai de carona na mão, no bolso e na cabeça do maconheiro. Logo, a “marcha da liberdade” é só a marcha do liberticida maconheiro de neurônios cozidos. Vergonha na cara pode não dar barato, mas é o que sustenta a civilização. Cresçam, jovens de outrora!

Responder

Comentário por Ricardo
25 de maio de 2011 às 9h02

Que truque barato! É preciso ser muito imbecil para cair. Convoca-se, sobre o pretexto de cada um defender o que bem entende, um único protesto. É óbvio que com isso pretendem “dar volume” para a militância que, se restrita aos defensores da maconha, seria bem pequenininha como sempre. No calor do movimento, com vagabundos queimando catracas e outros queimando um beck não vai dar pra saber quem defende o quê. Bem pensado! Os idiotas que forem nesse evento para defender causas outras são apenas massa de manobra de maconheiros, dá pra ser mais ingênuo que isso?

Responder

Comentário por Marcelo Carvalho
25 de maio de 2011 às 9h07

Cuidado, bobalhão: a maconha está destruindo seus neurônios. Vocês sustentam o PCC, e o tráfico internacional de drogas e armas.

Responder

Comentário por alberto barros
25 de maio de 2011 às 9h08

poxa,mas se legalizar a maconha perde a graça,ai sim eu paro de fumar

Responder

Comentário por Marcelo Carvalho
25 de maio de 2011 às 9h08

Por que vocês não fazem uma marcha contra a roubalheira e o enriquecimento do Palocci ?

Responder

Comentário por Tolerância Zero
25 de maio de 2011 às 9h10

Vou ficar aqui onde estou, bem longe desse país perdido, graças a Deus, só esperando para ver a PM descer o cacete de novo nesses marginais. Tomara que desta vez executem alguns de verdade.

Responder

Comentário por QUELI ROCHA
25 de maio de 2011 às 9h16

vcs deveriam fazer uma marcha contra a coorupção, a violência, abuso de crianças,etc.O que vcs demontram é que a erva já atingiu uma parte do cérebro de vcs, e que vcs não tem consciencia dos inúmeros problemas familiares que as drogas trazem.A maconha é o inicio de uma viagem triste.

Responder

Comentário por Tolerância 100
25 de maio de 2011 às 9h17

É gente igual você, bolsonaros da vida, que nao sabem o que é uma democracia…talvez vc preferisse ter vivido na época da ditadura né? E olha, não deseje aos outros o que vc não quer a sí próprio. É se legalizar perde a graça, o traficante perde dinheiro tbm, a policia vai poder se dedicar a crimes de verdade, a economia vai crescer…só vejo benefícios…E outra, nao vai virar baderna nao, neguinho fumando em qqr lugar, haverá imposiçoes e limitações de onde se pode consumir e etc. Um país onde se idolatra o alcool nem devediar discutir isso,pois o alcool só perde pro crack na escala de destruição.

Responder

Comentário por Cacete neles
25 de maio de 2011 às 9h27

Vou ficar em casa vendo na TV como a PM desce o cacete nesses maconheros safados

Responder

Comentário por guilherme
25 de maio de 2011 às 9h34

pelo que eu vi nos comentários, o povo quer é ser CONTROLADO.
é hipócrita, retrogrado e ignorante.
se informe antes de ir contra algo que vocês não sabe.
a maconha será legalizada independente se vocês querem ou não, é questão de tempo.
o que temos que protestar é contra o estado REPRESSIVO. onde já se viu?
voltamos a ditadura. o povo brasileiro é que nem mulher de malandro mesmo. apanha e não diz um “ai”…

Responder

Comentário por ganjaman
25 de maio de 2011 às 9h35

Sr.Tolerância Zero – espero que teu filho , ou alguém da tua família esteja ali , simplesmente defendendo o direito a sua liberdade ( sem invadir a liberdade alheia ) e leve um tiro na testa . Marginal é quem vive a margem da sociedade . Sou pai de família , trabalho ( e muito !) , tenho muito estudo e defendo o direito de me vestir como quiser , de escrever o que quiser ,protestar , fumar , e não ouço pagode no talo pertubando o sono dos vizinhos !! os escravos servirão !

Responder

Comentário por por que alcool pode entao ??
25 de maio de 2011 às 9h38

Voces que estao criticando e descendo o pau, estão no seu direito de criticar, mas me respondam, PORQUE ALCOOL PODE E MACONHA NAO ?? sera que sao tao diferentes assim ???

Responder

Comentário por SCF
25 de maio de 2011 às 9h38

Marcha pela liberdade de expressão uma ova! É a marcha dos queimadores de mato! Essa “Esquerda Facebook” é a nova versão da esquerda festiva dos 1960-70, um bando de rebeldes sem causa. Por que não vão protestar contra o enriquecimento imoral dos seus amados líderes petistas?

Responder

Comentário por ganjaman
25 de maio de 2011 às 9h46

Sra. Queli Rocha – quando fizermos uma marcha contra abuso de crianças , ou contra a corrupção , ou contra a violência lhe chamaremos ! e tenho certeza que vc ficará no sofá ! PORÉM , no momento estamos fazendo uma marcha para que teu filho possa fumar o béquizinho dele sussegado na praia , sem ter que ir preso e pedir dinheiro pra senhora pra subornar o guardinha que disse vai enquadrá-lo como traficante . PAZ

Responder

Comentário por Pessoa
25 de maio de 2011 às 10h10

Poderia citar pelo menos uns cem (100) motivos contrários, mas como o foco não é discussão e sim filosofia, vai apenas um:
” Existem motivos muito mais importantes para toda a humanidade para se fazer protestos do que este”.
Como a “diferença” hoje é moda no Brasil,ou seja,VENDE, então tudo que antes era ilegal ou imoral, agora tem que liberar.
Para quen citou a época da ditadura, deve também saber que os motivos pelas lutas, protestos e mortes eram pela liberdade e não anarquia.
O grande mal desta geração é o pensamento que segue:
” Tudo que eu sonho vocês tem que me dar”

Responder

Comentário por Jesse James
25 de maio de 2011 às 10h10

Nunca usei drogas nem pretendo. Provavelmente não irei a essa marcha mas defendo o direito que quem quiser ir de ir se quiser, assim como defendo o direito de pessoas maiores de 21 anos, vacinadas e donas dos seus destinos de usarem o que quiserem para seu próprio deleite ou desgraça, contanto que isso não prejudique outros. Isso é um estado democrático de direito. Temos o direito de criticar e até não aceitar mas proibir apenas porque achamos que é errado, isso não. Numa coisa concordo com o Bolsonaro: legalizem a maconha, a cocaina e até o crack, mas tirem dos procedimentos gratuitos à população o atendimento a pessoas com problemas com drogas, ou seja, arquem com as conseqências das suas escolhas. Uma grande vantagem da legalização, provavelmente será a diminuição da violência pois sem tráfico não teremos mais mortes de quem nunca usou drogas na vida, apenas daqueles que usam e assumem os riscos. Resumindo: não há razão pra quem é contra ser contra. É a mesma coisa que ser contra casamento gay: é só não casar com um gay e deixar eles serem felizes do jeito que quiserem. Deixem quem quiser fumar, cheirar, beber ou injetar se matar a vontade.

Responder

Comentário por José da Silva
25 de maio de 2011 às 10h11

Jr — 25 de maio de 2011
Por que vocês não fazem uma marcha até uma Clínica para Recuperação de Dependentes? Assim vocês já vão conhecendo como será o próprio futuro. Além do quê, aqueles jovens precisam da visita de pessoas que lhes ensinem como largar o vício que adquiriram porque achavam que poderiam largar a qualquer momento. Mas precisa ter muito mais coragem do que é necessário para enfrentar a polícia: ali está a sua vida diante da sua morte! Vai!
DISSE TUDO. MEU TIO COMEÇOU NA MACONHA, PASSOU PARA AS DROGAS PESADAS E… MORREU! (APÓS VÁRIAS OVERDOSES, DE AIDS…)

Responder

Comentário por Fernando
25 de maio de 2011 às 10h13

Fumo há 15 anos, e nem por isso roubie coisas de casa pra vender e comprar maconha, sempre trabalhei desde os 15 anos de idade, sempre respeitei meus pais, nunca tive problemas com a policia, amo minha esposa e meu filho…Pq fazem essa imagem de que maconheiro é td marginal vagabundo, etc???? Ah com marcha ou nao, legalizando ou nao, nunca vao conseguir acabar com a erva, da mesma forma que vcs nunca vao acabar com os gays e lesbicas…entao já que nao tem como eliminar todos maconheiros e gays, nao é melhor entrar em acordo e aprender a convivermos todos em paz e harmonia ?
Pensem nisso antes de apenas criticarem.

Responder

Comentário por Gol2012
25 de maio de 2011 às 10h25

Vocês drogados são hipócritas, porque estão defendendo uma liberdade falsa, não são livres, são escravos do seu vício e dependência nojentos. Não tem nada de liberdade a sua marcha.
A polícia está com TODA A RAZÃO DO MUNDO e tem o meu apoio.
Cabeça atrofiada é o que acontece quando essa porcaria dessa planta diminue suas capacidades intelectuais permanentemente.
Quanto a estar em minoria e estar errado, você está falando com um espelho amigo!
Você é que tem muito o que aprender com relação a evolução e bondade. Você ainda acha que se drogar é moderninho? Você tem quantos anos? 13? Fumar essa porcaria de planta te deixa em um estado primitivo, sem coerência, um neandertal sem inteligencia. Que se dane o que a pseudo-tendencia tenta ditar. Tenha integridade e o mundo será um lugar melhor.
E tem alguns de vocês aqui VIAJANDO, falando de economia melhorar… putz… Vocês precisam é de uma terapia das boas.

Responder

Comentário por alvimar
25 de maio de 2011 às 10h35

Qualquer atitude que não atente fisicamente ao outro deve ser aceita pois isso é sinônimo da liberdade e qualquer tentativa de impor habitos ,costumes e dogmas é autoritarismo

Responder

Comentário por Lilian Sambo
25 de maio de 2011 às 10h43

Eu vou se a marcha for para educar sobre os verdadeiros efeitos da maconha que são, entre outros: cinco vezes mais risco de câncer que o cigarro comum, perda de potencial mental e ambição, destruição do cérebro.
Informe-se a respeito da verdade sobre as drogas em: http://www.drugfreeworld.org/pt/news/2007-10-20-news-fdn-launches-assault.html

Responder

Comentário por Pablo
25 de maio de 2011 às 10h45

Só não esqueçam que a China já foi vencida em uma guerra devastadora, entregando toda a população e economia de seu país por causa do ópio, uma droga que também vem de uma plantinha linda: a papoula.

Hoje, depois da derrota, do massacre, a pena para o tráfico e uso de drogas é condenação à morte.

É uma pena que eles tiverem que aprender desta forma e também essa foi uma das causas do intenso comunismo no país. Eu não quero isso para o meu Brasil…

Responder

Comentário por Marcelo Abdul
25 de maio de 2011 às 10h46

Por que vocês não fazem uma marcha contra a roubalheira e o enriquecimento do Palocci ?(2)

Responder

Comentário por Paulo Pio
25 de maio de 2011 às 10h54

Falta maturidade ao nosso país. Não temos programas de Prevenção ao uso de drogas nas escolas, não temos locais para tratamentos adequados aos dependêntes e usuários compulsivos. Os que defendem a liberação, se escoram nos malefícios do álcool, como se uma coisa pudesse justificar a outra. Estamos despreparados para a liberação das drogas, seria um mal que nossos filhos e netos, infelizmente, compartilhariam no futuro. A liberação não acabaria com o tráfico, teríamos maconha da Souza Cruz, da Philip Morris, pagando impostos e a do traficante do morro, deixando os verdadeiros empresários do setor ricos e mais imunes a uma ação da lei. É lamentável o que assisti na MTV ontem, um programa do Casé, extremamente a favor da liberação, tendencioso e marrom… uma pena tudo isto.

Responder

Comentário por Roberto Marlei
25 de maio de 2011 às 10h56

“Vocês sustentam o PCC, e o tráfico internacional de drogas e armas”

As pessoas querem justamente o fim disso. Podendo comprar em locais adequados, pagando impostos. Ou, melhor ainda, que plantem para consumo próprio. Assim os traficantes perdem força e o mesmo acontece com o tráfico de armas.

Não consigo entender como é tão difícil pra algumas pessoas entenderem isso. Se pode vender álcool e tabaco, por que não pode vender Maconha?

Responder

Comentário por Ana Lucia
25 de maio de 2011 às 10h59

tenho 42 anos e filhos adolescentes e graças a Deus somos capazes de nos divertir sem essa porcaria de droga, isso é para os fracos.
Policia! desce o cacete nesses vagabundos.

Responder

Comentário por Diego Machado
25 de maio de 2011 às 11h01

É Impressionante, como tem gente desinformada, vcs que são contra a discussão, e a liberdade de expressão são uns otários, e dizem ainda que entendem de democracia, ou são Amigos/ simpatizantes de traficantes ou são de alguma religião que não respeita a diversidade (as mesmas que são contra a criminalização da Homofobia), ou são Fascistas/nazistas (como o companheiro ai em baixo que deseja execuções das pessoas que vão a marcha), ou ainda Hipócritas que tomam sua cervejinha/cachacinha/remédios tarja Preta/tranquilizantes/anabolizantes só pra levar a vida. E Burguês é o caralho, seus chucros, pesquisa direito, quem fuma maconha é uma grande parcela da população mundial, e vai desde desocupados mesmos a engenheiros, professores universitários, médicos, artistas, designers… etc… A maioria muito mais culta que vcs, tem gente de todo tipo, gente com muito mais informação, Seus Preconceituosos, Infelizmente o Brasil está cheio de vcs, quem sabe se tivesse só maconheiros num seria tudo melhor, pelo menos não existiria guerra, violência e principalmente falta de respeito, e Fim do Mundo? Fim do mundo é em 2011 ainda haver Censura No Brasil, um País com a maior diversidade do mundo, e ainda existe gente Ignorante!!!

Responder

Comentário por Mauricio
25 de maio de 2011 às 11h01

Uma sociedade alcólatra e tabagista, ser contra a maconha. Sociedade hipócrita! A proibição da maconha no mundo, surgiu muito mais por interesses econômicos (concorrencia à industria de papel) e políticos (preconceito com os mexicanos)nos EUA, do que por problema de saúde pública. A maconha faz mal? faz mal claro, como tudo faz mal, a aspirina faz mal, café faz mal, alcool faz mal, porém a maconha trata e diminue os sintomas de doenças como glaucoma, aids, hipertensão arterial, cancer, etc… Portanto, hipócritas, antes de falar besteiras, vão estudar, vão se informar, são “paga paus” dos europeus e não percebem que os própriso europeus estão liberando a maconha…

Responder

Comentário por guilherme
25 de maio de 2011 às 11h04

tenho 24 anos, sou estudioso, trabalhador, responsavel, não sou subjulgado pela TV e outras mídias controladoras, sou ateu, sou politizado, sou vegetariano, nunca fiz mal a nenhum ser vivo, não tenho nenhum problema de saúde, e minha memória é muito boa obrigado, ah, fumo maconha todo dia a pelo menos 4 anos e nunca sequer experimentei outra droga. sou uma excessão? ou os hipócritas é que estão errados sobre a erva?
vale a reflexão.

Responder

Comentário por Hempman!
25 de maio de 2011 às 11h09

aos que dizem que é uma marha besta, sem fundamentos e que existem motivos melhores pra marchar, eu pergunto:

o que vcs acham do tráfico lucrar milhões por mês?
o que vcs acham do tráfico ter um contingente maior que o da policia?
o que vcs acham do tráfico ter uma armamento maior e melhor que o da policia?
o que vcs acham do poder do tráfico de corromper os poderes da sociedade?
o que vcs acham do tráfico recrutar crianças?
o que vc acham do trafico ter um armamento de guerra, derrubar helicoptero, parar o Rio e SP com o terror?

concerteza é um motivo besta né…
sem importancia…

o dia em que vcs descobrirem que comprar e fumar maconha no Brasil é muito facil e barato, e que isso é o de menos…. talvez vc entendam o verdadeiro sentido da marcha!

Responder

Comentário por Lucas
25 de maio de 2011 às 11h11

A Holanda legalizou a maconha. Mas a Holanda é um dos países mais liberais desde o século XVII, tem uma educação incrível e cidadãos que preferem andar de bicicleta à poluir o planeta.

Antes de liberar a maconha, nossa sociedade têm que evoluir muito, é muito mais favorável lutar pela educação. Ou mesmo lutar contra esse novo código florestal.

O povo brasileiro ainda não está apto para esse nível de “liberdade”.

Responder

Comentário por Fernando
25 de maio de 2011 às 11h12

Bom cansei de gastar meu português com pessoas que usam o cabresto político e falam e maconheiros safados…ali no meio tem muito pai de familia como eu e o ganjaman, lógico que tem muitos vagabundos tbm, como tem muitos no meio de torcidas organizadas, em brasilia, na camara do vereadores, em todos seguimentos da sociedade existem os bons e maus, por isso nao podemos generalizar…QUEREM VOCES OU NAO , A MACONHA SERÀ LEGALIZADA, E OUTRA EU QUERO O DIREITO DE PLANTAR, E NAO COMPRAR DA SOUZA CRUZ OU SUSTENTAR O TRAFICANTE DO MORRO. E SIM, PODE ATÈ IMCREMENTAR A ECONOMIA, POIS MUITOS COMO EU IRAO COMPRAR VASOS, TERRA, ADUBOS, ARTIGOS DE JARDINAGEM, HAVERÀ MAIS EMPREGOS NESSA AREA, NOS CAMPOS E NAS PLANTACOES, ISSO È UM FATO. QUERENDO OU NAO, COMO DISSE O ZAGALO, VOCES VAO TER QUE NOS ENGOLIR…HA, APROVEITA E TOMA UM GOLE DA LÍCITA CACHAÇA OU CERVEJA PRA AJUDAR A DESCER !

Responder

Comentário por Vinicius
25 de maio de 2011 às 11h14

Isso é hilário, 90% das pessoas que são contra a marcha, defendem a nossa Benevolente DITADURA, e ainda reclamam de alguem que luta pela sua liberdade, além dos milhares de erros infantis de português, Quem e a favor, tem que ir mesmo, é um direito que ele quer ter, assim como os JOVENS, esses mesmos que lutam pela sua “liberdade” (nao acho que ficar fumando maconha o dia inteiro seja liberdade , mais se eles acham, deixem , o pulmão é deles) Agora os Senhores de bem, ficam irritados com jovens protestando, mais fazem apologia a uma coisa muito pior que é a ditadura!
Só pessoas muito miúdas, para defender
a ditadura, ao invés de deixar as pessoas fazerem o que bem entendem com
seu, corpo e seu dinheiro. Alcoolatras
HIPÒCRITAS!

Responder

Comentário por Fernando
25 de maio de 2011 às 11h15

Cara Ana lucia, os mesmos policiais que descem o cacete nos maconheiros, podem um dia descer o cacete no seus filhos também, sem motivo como fizeram no sábado último. Pense nisso antes de criticar ok ?

Responder

Comentário por luiz
25 de maio de 2011 às 11h20

KKKK…tá todo mundo querendo que eu não fume… e a proposta de casamento, vem quando?
Não quer que seu filho use drogas? EDUQUE, pq se ele não usa pq não tem qdo tiver ele vai querer experimentar.
Não gosta de macon, não use, tome conta do seu corpo apenas, do meu cuido eu.
Quer marcha contra o Palocci? FAÇA!!!

Responder

Comentário por Mauro de Jesus.
25 de maio de 2011 às 11h24

Sou ex favelado, formado em técnico de eletronica, tenho 56 anos e sou pai de cinco filhos e uma filha, Graças à Jesus Cristo que morreu na cruz por todos nós, não tenho nenhum filho usuário de drogas e só posso dizer aos que são a favor do uso da maconha que não existe nada neste Universo que vá prencher os vossos corações….só Jesus Cristo PRENCHE a nossa existencia.
Vou orar por todos voces para que voces tenham Paz!

Responder

Comentário por José da Silva
25 de maio de 2011 às 11h33

Luiz , fume a vontade na sua casa, entupa seu filho de maconha, e cuide do seu corpo. Eu não preciso saber disso, nem quero,e case com uma usuária, vcs serão felizes. Ninguém vai te incomodar, vcs produzindo fumaça natural no aconchego do lar, coisa mais linda…

Responder

Comentário por Fábio Villar
25 de maio de 2011 às 11h35

Os conservadores gritam tanto porque sabem que estão perdendo. O máximo que podem fazer é tentar atrasar o progresso. Defendam sim a ditadura, a censura, a opressão sexual, fiquem à vontade, porque a batalha de vocês já está perdida.
A história do mundo é a história da evolução dos Direitos Humanos. Com alguns soluços sim, mas sempre caminhando pra tolerância e pra liberdade. Temos um STF que está ficando mais progressista, temos uma presidente que foi torturada pela ditadura. E temos um povo que vai pra rua no sábado pra deixar mais desesperados ainda os conservadores.

Responder

Comentário por Fernando
25 de maio de 2011 às 11h36

Caro josé silva…fumar maconha ao ar livre nao pode…aliás até concordo que pode influenciar as crianças e jovens…Agora beber, encher a cara e ficar locao no bar pode, é tranquilo…entende a hipocrisia por tras disso ? da mesma forma que vc nao quer seu filho usando maconha, vc quer eme enchendo a cara de pinga ? eu acho que nao, mas nao vejo o sr. criticando a cachaça, pelo contrário, até deve tomar seu uísquinho no aconchego do seu lar né ? é tão droga quanto a maconha !

Responder

Comentário por Fernando
25 de maio de 2011 às 11h40

Mauro de jesus, obrigado. sábias palavras. Quando fumo fico em paz. muita paz. Agora quando se bebe, fica-se violento, toma-se coragem pra se fazer o que sóbrio vc nao faria. Meu filho qdo for adolescente, vou preferir mil vezes que ele fume maconha do que beba vodka, uísque etc. Se eu fumar 1 quilo de maconha, o maximo que pode acontecer é ficar morrendo de sono e ir dormir, ficar amuado. Agora se eu beber 1 litro de pinga, acho que entro até em coma alcoolico, vou dar trabalho no hospital…vamos rever nosos conceitos e deixar o preconceito de lado.

Responder

Comentário por Ariel Prado Pereira
25 de maio de 2011 às 11h44

Concordo com todos os comentarios, os pros e os contras. Agora, voces vao ficar discutindo que é certo ou errado enquanto crianças morrem de fome,corruptos estão livres e bandidos fazem o que querem. E quando liberarem o homosexualismo a maconha e tantas outras. Voces vão marchar contra o que?
Todos so pensam no bem proprio, mas a verdade é que todos se escondem no proprio rabo.

Responder

Comentário por mariana
25 de maio de 2011 às 11h51

É muito curioso ver tanta incitação à violência e tanta ignorância nesses comentários. Encontrar a mesma pessoa dizendo que foi cara pintada torcendo para “o choque descer o cacete nesse bando de maconheiros”… Legal. Belo exemplo de evolução social desejar que aquele que tenha opiniões diferentes e queira debater com você de forma civilizada sobre isso, seja massacrado.

Responder

Comentário por ganjaman
25 de maio de 2011 às 12h06

fernando , esse fórum tá repleto de boçais ! não vamos mais perder tempo com esse discípulos de Cel. Ferrarini ! ABRA O OLHO CAMBADA !!!! NA FAMÍLIA DE VOCES TEM MUITA GENTE EFETIVAMENTE DE BEM , QUE FUMA UNZINHO !! VOCES ESTÃO DEFENDENDO VIOLÊNCIA CONTRA QUEM PENSA DIFERENTE DE VOCES ! ISSO É PRA LÁ DE REACIONÁRIO !!! CAIAM NA REAL !! PAZ

Responder

Comentário por Carlinhos Kunde
25 de maio de 2011 às 12h27

@ wb: Pois é cara, saiu pela Kompakt dia 23 (segunda-feira passada) e chama “Arabian Horse”. Tem duas faixas numa (aparente) apresentação pra TV aqui ó: http://andnowblog.blogspot.com/2011/05/ice-floor.html Em tempo: o disco é muito bom. Abraço.

Responder

Comentário por Fernando
25 de maio de 2011 às 13h02

Mariana, sábias palavras. Vamos ser mais sensatos e menos ignorantes. Desejar aos outros o que vc não quer a si próprio e assinar o atestado de preconceituoso e ignorante.

Responder

Comentário por Fernando
25 de maio de 2011 às 13h54

Sábado tamo junto rapaziada…pode descer a borracha, pode jogar gas de pimenta, lacrimogênio, soltar cachorro…mas meu direito de fazer o que bem entender com minha vida desde que eu nao prejudique ninguem além de mim mesmo, isso ninguém vai poder me tirar! Voces vão ter que nos engolir…Bom, pra quem tá acustumado com cervejinha brahma, lexotan e outras drogas lícitas, engolir nao deve ser tão dificil assim…

Responder

Comentário por Celso Reeks
25 de maio de 2011 às 14h06

Gentileza gera gentileza.

Violência gera violência.

Galera, essa marcha é para afirmar nossos DIREITOS: como cidadãos, somos livres para nos expressar, principalmente se for para contestar leis que consideramos anti-democráticas ou simplesmente ultrapassadas.

Estou convocando todos os artistas a levarem seus instrumentos de trabalho, para que essa seja mais uma maniFESTAção, nos moldes do que fizemos pelos artistas de rua, pelo metrô da #gentediferenciada, e também tendo como exemplo as concentrações na Espanha e no mundo árabe.

Artistas, levem instrumentos musicais, circenses, narizes de palhaço, faixas e muita alegria!

E nada de violência, para mostrar aos “governantes” e à PM que não precisamos baixar ao nível deles para mostrar que conhecemos nossos direitos.

Responder

Comentário por Fernando
25 de maio de 2011 às 14h48

Celso Reeks, parabens pelo belo comentário e pela sua sensatez.

” Gentileza gera gentileza
Violência gera violência”

Nota 10 pra vc irmão. É com pessoas como você que conseguiremos construir um pais melhor, onde as diferenças e minorias sejam respeitadas e tenham seus valores reconhecidos.

Responder

Comentário por XXX
26 de maio de 2011 às 10h13

infelizmente não posso ir…e é incrivel como SP consegue abrigar pessoas libertarias e conservadoras em um espaço tão pequeno rs, boa sorte pra quem vai ^^

Responder

Pingback por Set de perguntas: Renato Cohen/Benjamin Ferreira « Bate Estaca
27 de maio de 2011 às 16h45

[...] próximo sábado em São Paulo ficou redondo agora: Marcha da Liberdade de dia; comemoração ao som libertário da Poperô à [...]

Pingback por PODTUDO-6 Mixtape da liberdade « Bate Estaca
27 de maio de 2011 às 22h38

[...] Aqui outros dez motivos. [...]

Pingback por Por que ir à #Marcha da Liberdade : Nego Dito
27 de maio de 2011 às 23h05

[...] by NegoDito on Friday, May 27, 2011 · Leave a Comment  Da redação, inspirado em Marcha da Liberdade – 10 motivos pra ir [...]

Comentário por Fabi
27 de maio de 2011 às 23h35

Para os que criticam o álcool, sou alcoolista, limpa ha algum tempo, e digo, é uma merda sim, quase acabou comigo e com a minha família, mas cara, é lícito, e isso é fato. Não acho que tenham que proibir a venda, mas educar a população sobre o uso e suas consequências, a mesma opinião que tenho inclusive, sobre a maconha. Como disse num comentario anterior, sou a favor da liberação da maconha, o que sou contra é a apologia ao uso. Pra vcs então tá ok justificar uma cagada com outra? É o que fica parecendo… Liberdade de expressão, óbvio! Mas não foi o que vi na marcha passada. Engraçado, julgam hipócritas as pessoas que não concordam com vcs e não olham pro próprio rabo pra ver que vcs tb estão sendo intolerantes. Fernando, desculpe, mas seus comentários são vergonhosos. Não pelo que vc defende, mas pela maneira como expressa isso. Repito, espero que encontrem uma forma mais inteligente e criativa de defender seus ideias, do que gritar pelas ruas “eu sou maconheiro, com mto orgulho, com mto amor”…principalmente no meu quintal…

Responder

Comentário por Pedro Alexandre
28 de maio de 2011 às 19h04

Direcionado não apenas à fabi, como também, para todos aqueles que são contra a qualquer tipo de manifestação popular.
fabi, concordo plenamente com seu discurso de “educar” a população sobre o uso de substâncias psicoativas e blá blá blá… Contudo, você cometeu um pequeno deslize em versar a marcha da maconha em linhas que abordam a APOLOGIA AS DROGAS. Minha cara, uma coisa não está interligada a outra. Enfim, todos nós comentemos erros.
Para ser mais claro e objetivo, o ato popular que defende a DESCRIMINALIZAÇÃO DO USO DA MACONHA, pauta assuntos que transcende a individualidade de nós, “maconheiros”, para tratar de temas que correspondem ao seu dia-a-dia. Como por exemplo: Segurança Pública. Comento este ponto, por ser algo corriqueiro dentre todos os que compõem a sociedade. Pois, ao marginalizar e penalizar não apenas os usuários de maconha, como também de outras drogas censuráveis, o estado acaba criando vilões que na sua grande maioria é incapaz de matar, ou cometer qualquer outro tipo de “mal” ao não ser consigo mesmo. Favorecendo assim à indústria bélica, que mata mais pessoas no mundo, do quê qualquer tipo de droga ilícita. Eu poderia aqui, aprofundar mais sobre isto, mas acredito em sua capacidade em se inteirar sobre qualquer assunto. Afinal de contas; você já deu um grande passo por ser a favor da liberação (cai melhor o termo descriminalização) da “marijuana”.

Referente à sua crítica, pelo local e maneira escolhidos para lutar pelos nossos direitos, e um amanhã mais justo para todos nós, lamento. Pois, nas ruas é que ficamos mais visíveis, e o direito de liberdade de expressão é constitucional. Junte-se a nós neste levante popular.
OBS.: As drogas não devem ser tratadas como uma problemática moderada nos assuntos de segurança pública, e sim na área da saúde.

Responder

Comentário por Juliano Brandão
28 de maio de 2011 às 22h32

Apologia, é uma maneira oblíqua de cercear a liberdade de expressão daquilo que EU (ou quem decide) considero errado. Muito cuidado com essa palavra. Porque apologia é só a defesa, o discorso em defesa de algo. Pode ser apologia ao Caetano Veloso. Mas a constituição é taxativa: A liberdade de pensamento e manifestação é livre, vedado o anonimato. Simples assim. Não tem segredo. Quer se reunir para ir contra um preceito do estado (seja ele qual for)? Teoricamente você tem o direito E PONTO. Isso é liberdade de expressão. Aceitar que a marcha da maconha, ou a passeata gay, ou, ou… devam ser proibidas, é permitir que se em algum momento você precisar se manifestar contra o governo, poderá ter o seu direito cerceado, ou em palavras mais claras, censurado. É permitir que a constituição seja rasgada. Ora, se ela pode ser rasgada para uns, já que não concordamos com eles (sejam “eles” quem forem), ela pode ser rasgada para todos. Cuidado com esse raciocínio, porque ele é cômodo enquanto não atingir a todos.

Responder

Comentário por Juliano Brandão
28 de maio de 2011 às 23h03

Sustentando a minha teoria, segue um trecho do Diário de Florianópolis:
“Na semana passada, o Centro Terapêutico Vida – CTV e JC – Associação Brasileira de Combate às Drogas pediu o cancelamento do evento. Os dirigentes alegaram que a realização da marcha seria ilícita, pois consideravam que poderia haver consumo de droga.
A juiza de direito Maria Paula Kern, titular da 5ª Vara Cível da Comarca de Florianópolis, barrou o pedido e, para reforçar sua decisão, transcreveu argumentação do magistrado paulista Marcelo Semer, que assinala: “Não há espaço nesse admirável mundo novo para uma democracia que interdite o debate, um Estado que decida apenas ouvindo suas elites, uma política que sirva para o enriquecimento de seus burocratas, e juízes que se estabeleçam como censores.”

Responder

Comentário por camrock
29 de maio de 2011 às 0h37

Ótimo, Juliano, informação e inteligência são as armas contra o preconceito quadrúpede

Responder

Deixe um comentário