OEsquema

Arquivo: Música

La Musique Électronique Du Niger

Comente

Keith Fullerton Whitman – Greatest Hits

artworks-000045526502-b9i8q0-t500x500

Comente

Stellar OM Source – Elite Excel

Comente

Rampazzo – Here EP

878949141-1

“Rampazzo é um projeto de música eletrônica do designer gráfico Lucas Rampazzo que combina estruturas e padrões compondo e criando música minimalista e atmosférica.”

Comente

Erykah Badu – The Healer (Sants Remix)

artworks-000047303778-z3f8l9-t500x500

1 Comentário

Carmen Alves – Dóqui Martinhos

3403559505-1

394958_10200193819345370_1165749535_n

Tô absolutamente chocado com o trabalho da molecada (Guerra, os irmãos Paiva, De Queiroz) do selo de house e techno 40% foda/ maneiríssimo. Depois do belíssimo EP de estreia lançado na semana passada, chegou a vez da Carmen Alves, anunciada como das proprietárias do selo e ilustradora “dona do visual da parada inteira”.

As infos do release são precárias. Futuquei no Facebook (a foto foi tirada de lá, inclusive) e descobri que a Carmen trabalha com moda. Apareça mais, menina.

“Equipamento usado:

Dave Smith Instruments Prophet ’08
Akai MPC1000
Electro Harmonix Holy Grail
MXR Distortion+
BOSS DD-7

Gravado no Logic Pro 9″

Comente

Daniel Menche – Vilké

1 Comentário

Cybass – Sex On The First Date

artworks-000047278519-sghjwe-t500x500

Comente

MJP – B​-​Sides [2003​-​2008]

3215360084-1

B Sides [2003-2008] é uma coleção de beats perdidos do beatmaker MJP, um dos membros do Metanol Fm. Os sons compilados no EP são bootlegs lo-fi desses anos, já que os arquivos originais se perderam completamente.

Comente

bemônio – OPSCURUM EP

529072_162209853942470_1819667994_n

Screen Shot 2013-05-04 at 2.54.17 PM

Tem bemônio novo na area! Word Premiere total!

A bola da vez é o EP OPSCURUM, na verdade uma longa faixa de 23 minutos que contém 9 interlúdios ou pequenas peças. A sensação que dá é a de estar ouvindo uma mixtape, pois os interlúdios emendam um nos outros. Não dá pra pular e avançar, saca? Tem que ouvir de uma tacada só. Há variações na sonoridade de cada um, dando uma quebra e um susto estilo montanha russa: uns são mais climáticos, outros mais porrada a intensos. Acho que é o trabalho mais forte do bemônio até hoje, artista que em pouco mais de um ano conseguiu imprimir um belo trabalho na seara da música experimental, passeando sempre pelo dark ambient, noise, industrial, doom e drone.

Conversei com o Paulo Caetano que me disse o seguinte.

“A ideia do EP, e por se chamar OPSCURUM, é nada mais que o momento de sono, mais precisamente o sonho, onde diversas sensações e variações de humor ocorrem, transformando o lance numa coisa doida ou muitas vezes sem sentido. Por isso, nesse EP, existem faixas mais acessíveis e outras não. Dando assim suas quebras, suas interrupções bruscas e emendadas. O inicio do EP trata-se de uma introdução, uma marcha do começo desse sonho, e o final de um desfecho como uma forma de ninar, densa e sombria…

“Os equipamentos foram os seguintes: synth roland sh201 + pedais (boss metal zone + harmonist + space echo + electro harmonix frequency analizer). Arturia minibrute + pedais (fuzz, bass syntetizer, tera echo e slicer). Para as vozes, microfone de papelaria philips ligado no kaos pad fazendo modulações de voz e bateria.”

“O processo foi no improviso sim. Primeiramente –  e sem as musicas criadas – gravamos 3 horas de bateria num mic condensed e num shotgun ligado na placa de áudio. Para a ambiência rolou o mesmo processo do vocal, ou seja, o mic philips no kaos pad só que nos pedais captando o som da bateria com efeitos. Todos esses microfones foram gravados em canais separados.”

“O que aconteceu nesse dia foi o seguinte. Eu falava pro Gustavo Matos, o baterista, da seguinte forma: ‘toca tipo um estilo tal’ e ele tocava na hora. Depois de varios estilos em mente peguei toda a base de bateria e fui criando em cima, na minha casa. Nem mesmo o Matos ficou sabendo pois fiz sozinho pra poder focar e produzir.”

“Planos neste ano? Divulgar muito o EP e produzir um álbum focado em black metal! Mas desejamos algo que tenha participações especiais e queremos muito gravar com improviso também.”

“O próximo álbum deste ano se chamara ‘santo’ e não terá o nome bemônio na capa.”

1 Comentário
Página 3 de 37123456789...Última »