OEsquema

Minha amada cápsula do tempo

"O que você está fazendo?", "No que você está pensando?". Nah.

O TimeHop Abe não é uma coisa nova: não é uma ferramenta recente, tampouco o conceito é novidade. Mas quem precisa de frescor quando se fala em resgatar o passado? Em resumo, o TimeHop é a adaptação virtual das boas e velhas cápsulas do tempo (assim como o Draw Something é um “Imagem & Ação” tecnológico ou o Pinterest é um moodboard de espaço infinito) . Só que em vez de você escolher apenas alguns traços do seu atual eu pra contar pro seu futuro eu e enterrar em algum quintal por aí, ele vasculha as redes sociais do seu eu passado e todo santo dia te entrega um resumo com aquilo que você espalhou por aí um ano antes.

Parece simples. E é. Pode até parecer bobo. Mas não é. Meu primeiro relatório do TimeHop me lembrou que já faz um ano que entrevistei e vi meus primeiros shows do Teenage Fanclub. Dia desses também, notei que há um ano eu assistia ao primeiro episódio de “Mad men” – e não gostei -, o que acaba sendo curioso porque só agora estou terminando a primeira temporada (e me apegando à história). Fora os comentários aleatórios, fotos que você nem lembrava que existia e momentos “caraca, isso já tem um ano!”. Mais do que um exercício de nostalgia, é um espelho do que você foi. E, consequentemente, do que você é. E tudo isso num sitezinho qualquer.

Comente
por: Liv Brandão postado em: Apps, Destaque, Internet, Tecnologia tags: , , ,

Deixe um comentário